Blog da Editora Dialética

Abidias Júnior, autor de Caminho da Fé e eu em 12 dias lança livro para pessoas que, assim como ele, querem despertar ainda mais a própria fé, maturidade, aceitação, responsabilidade e vontade de melhorar

Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC, Professor e executivo em Gestão e Finanças, Abidias Júnior, embora tenha um currículo extenso ao tratar de formação e atuação profissional, buscou com essa obra inspirar os leitores a deixarem ainda que momentaneamente as preocupações rotineiras.

Publicada pela Editora Dialética, a obra Caminho da Fé e eu em 12 dias: uma jornada de fé, paz, emoção e superação, do autor Abidias Júnior mostra como a peregrinação pelo Caminho da Fé contribuiu para ele rever a sua trajetória, de modo a buscar um futuro mais agradável para viver. Registrar sua experiência foi importante para estimular e inspirar pessoas que, assim como ele, querem despertar ainda mais a própria fé, maturidade, aceitação, responsabilidade e vontade de melhorar continuamente.

Para demonstrar da melhor maneira que fazer o Caminho da Fé vai muito além da peregrinação e que o autoconhecimento, a intensificação da fé e a superação é possível, Abidias Júnior estruturou a obra Caminho da Fé e eu em 12 dias: uma jornada de fé, paz, emoção e superação com foco em todos os detalhes da sua caminhada, desde a preparação até de fato a sua jornada de peregrinação e os resultados dela em sua vida.

“Eu fui com vários propósitos quando eu decidi fazer a peregrinação. Era um auto desafio, eu tenho uma lesão muito séria no meu pé e isso sempre foi um desafio. Eu não deixei de ter a lesão porque eu fiz a peregrinação, mas eu consegui descobrir formas de ultrapassar o problema que eu tenho”, explica o autor.

Em um registro de 152 páginas distribuídas em 16 capítulos, Caminho da Fé e eu em 12 dias: uma jornada de fé, paz, emoção e superação traz as emoções dos preparativos do autor para a viagem, incluindo a preparação física e mental, e descreve cada dia da vida dele nos 12 dias rumo ao Santuário Nacional de Aparecida a partir do quarto capítulo.

Esse momento da peregrinação foi muito legal. A gente não pode nunca imaginar que sabemos tudo ou que podemos tudo. Eu conquistei altas posições na minha carreira, eu tenho uma grande penetração no meio acadêmico, mas isso nem sempre é tudo, o melhor é aquilo que a gente traz de dentro. E foi isso que eu consegui buscar.

Abidias Júior é Conselheiro de administração certificado pelo IBGC, Professor e executivo em Gestão e Finanças.

Na primeira parte da obra, composta pelos três capítulos iniciais, Abidias Júnior apresenta em uma escrita clara e minuciosa o contexto histórico do Santuário Nacional de Aparecida, fornecendo dados importantes principalmente para aqueles que não conhecem o lugar, além de algumas imagens que ajudam a compor o livro.

Somado a isso, ainda em seus primeiros capítulos, o autor explica como é ser um peregrino, ao reforçar o fato que a atividade de peregrinar é mais que só uma caminhada, já que são necessárias preparação física, mental, espiritual e até mesmo, se for o caso, ajuda de profissionais especializados em peregrinação.

Os capítulos seguintes, que vão do quarto ao décimo sexto, trazem de fato a trajetória de peregrinação do autor desde a saída de Águas da Prata, em São Paulo, e a passagem pelas estradas de Minas Gerais até a chegada no Santuário Nacional de Aparecida.

Abidias Júnior se preocupou em fornecer ao seu leitor muito mais do que um relato, mas sim um guia com as principais dicas que o ajudaram a peregrinar por 12 dias pelo Caminho da Fé. Isso por meio da linguagem mais abrangente possível. O autor se expressa na obra como se estivesse em uma conversa com o seu leitor. 

“Eu tentei trazer para a atualidade, de uma forma muito clara, que seja uma pessoa humilde ou uma pessoa com formações diversas, vai entender da mesma forma. Se você decidir ser um peregrino, lendo esse livro do início ao fim você tem o subsídio para ser”, pontua Abidias Júnior.

Além de fornecer relatos de troca de experiências com as mais diversas pessoas, Abidias Júnior nos conta por meio de Caminho da Fé e eu em 12 dias: uma jornada de fé, paz, emoção e superação as suas dificuldades e desafios para fazer a trajetória, compartilha dicas de vestimenta para a ocasião, a maneira ideal de se calçar e quais utensílios importantes devem ser considerados.

Contudo, o autor julgou importante dispor de informações relevantes que influenciaram seus dias de caminhada e podem influenciar também outras pessoas que querem fazer o Caminho da Fé, como a quilometragem do caminho do dia, a altitude, a elevação máxima da altitude naquele caminho e o tempo aproximado para efetuar o percurso em cada dia.

Abidias Júnior, afirma que pretende fazer outra trajetória de peregrinação de modo a realizar novos registros. O autor nos conta que a partir da experiência descrita em Caminho da Fé e eu em 12 dias: uma jornada de fé, paz, emoção e superação, ele espera influenciar cada vez mais pessoas a fazerem o mesmo, usufruir e absorver o melhor que a experiência propõe.

“Em peregrinação, não existe ser melhor, o mais rápido ou o mais lento. O que existe é o que você carrega de tudo que você colhe de lá, se você der um tempo para colher tudo que você vai ver por lá, eu tenho certeza que você trará várias coisas dentro da sua mochila que não dá para colher fisicamente, mas dentro de você vai estar guardado para sempre”, aconselha o autor.

Em relação à experiência de publicação da obra Caminho da Fé e eu em 12 dias: uma jornada de fé, paz, emoção e superação com a Editora Dialética, Abidias Júior explica que este livro apresenta um formato diferente de outra publicação dele também pela Dialética.

Abidias Júnior afirma que a nova publicação é emocionante e especial, pois vem apenas com o intuito de incentivar pessoas. O autor destaca ainda o trabalho de excelência da Editora Dialética neste processo. 

“A entrega foi muito rápida, chegou 4 dias depois que nós fechamos. A Dialética conseguiu montar um modelo de negócio que ficou muito legal, fica legal para vocês e fica legal para mim [como autor]. O livro ficou muito bem organizado”, destaca Abidias Júnior. 

Confira a entrevista de Abidias Júnior no Youtube

Além do selo para publicações literárias, a Editora Dialética possui o selo acadêmico e atua com excelência no quesito transformação da tese e dissertação em livros acadêmicos. Dado isso, a empresa também é referência na publicação de livros infantis, visuais, com foco em fotografia e desenhos, e em livros de conhecimentos gerais. A partir disso, se você é escritor ou quer se tornar um, saiba como publicar sua obra clicando aqui.

Gostou? Compartilhe com mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Inscreva-se em nosso blog.

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu e-mail.

POSTS MAIS RECENTES

Elaine Ferreira dos Santos, autora do livro “O discurso de um grupo musical: rap” lança obra para professores e todos os interessados em conhecer o gênero Rap 

Doutora em Língua Portuguesa com ênfase em Análise do Discurso – Literatura Africana, PUC-SP, Mestre em Língua Portuguesa com ênfase em Análise do Discurso nas Letras de Rap, PUC-SP, dentre outras formações, Elaine Ferreira dos Santos atua como professora desde 1990 no ensino fundamental e médio e em 2003, iniciou no Ensino Superior prestando serviços em diversas Universidades.

Leia mais »

Livro infantojuvenil “Mininho: Dores de um Cotovelo” aborda abandono e depressão

O lançamento, fruto de Especialização em Escrita Criativa das universidades UNICAP (PE) e PUCRS (RS), leva a autoria do Mestre em Indústrias Criativas Rodrigo Paiva e recebeu orientação do diretor pernambucano Adriano Portela (Recife Assombrado, 2019). A obra ilustrada, publicada pela editora Dialética, conta com inspirações vindas da infância do autor e antecede outro livro que está por vir.

Leia mais »

Priscilla Queiroga, autora do livro A construção do dolo no direito tributário, lança obra para auxiliar advogados tributaristas e demais profissionais a identificarem os caminhos a percorrer quando se trata de comprovação de dolo

Mestre e Especialista em Direito Tributário, Priscilla Queiroga é Graduada em Direito, Professora Seminarista e Advogada, tendo atuado como Escrivã de Polícia Civil e Assessora Jurídica no Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça e Tribunal Regional Eleitoral.

Leia mais »

Quer receber mais conteúdos excelentes como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4.221 – 1º andar, Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04538-133 // Telefone: (11) 4118-6308