Romance, ficção, política e outros temas estão presentes no livro “Sem Trégua: um legado de ensinamentos de como sobreviver à pobreza e à vida profissional no meio político”, da escritora Aracilba Alves da Rocha. Livro publicado pela Editora Dialética será lançado em 8 de julho em João Pessoa

Aracilba Alves da Rocha é uma profissional que vive atualmente em João Pessoa, na Paraíba e possui 40 anos de experiência em administração de empresas públicas. A escritora é Graduada em Engenharia Civil, Especialista em Gerenciamento de Empresas Públicas, Planejamento Urbano, Gestão de Habitação Popular e Finanças Públicas. Além disso, possui vasta experiência em Gerenciamento Executivo, que abrange empresas do Setor Elétrico, Telefonia, Saneamento e Transporte, Finanças Públicas, Administração e Planejamento.

Marco Aurélio Nascimento Amado, Promotor de Justiça e Pesquisador de Pós-Doutorado participa do Seminário Dialética para discutir a “Juristocracia e acesso jurisdicional à sociedade civil”

Evento on-line e gratuito terá como debatedor o professor e acadêmico Rafael Além Mello Ferreira. Os participantes receberão horas por atividade complementar e certificado de participação.

Escritor, Fernando Couto de Magalhães, publica a obra “Instituto Hawkins e as anomalias do tempo”, ficção científica que conta a história de um paleoantropólogo brasileiro que viaja por diversas partes do mundo em prol de descobertas pré-históricas 

Fernando Couto de Magalhães possui formação em Comunicação Social, é Pós-Graduado em Ciências Humanas – História, Filosofia e Sociologia e possui cursos de extensão em universidades como Harvard e Universidade de Columbia nos campos da História da Globalização, Arqueologia e Museologia. Para o escritor, ser lançado no Brasil como autor de ficção científica é uma realização “incrível”.

Educadora e Pesquisadora Regina Célia Fernandes da Costa Perpétuo lança livro ”A alfabetização de crianças com diagnóstico de deficiência intelectual: o direito à diferença”, obra que, dentre muitos aspectos, busca chamar a atenção da sociedade para esta realidade.

Regina Célia Perpétuo é Mestra em Educação pela Universidade Nove de Julho – UNINOVE, Pós-graduada (lato sensu) em Gestão pela Universidade Anhembi Morumbi, em Docência do Ensino Superior e em Psicopedagogia pela Faculdade Campos Elíseos, Graduada em Pedagogia pela Universidade Guarulhos – UNG e em Letras pela Universidade Brás Cubas – UBC.

Mestra em Direito, Pesquisadoa, Professora, Advogada e Feminista, Bibiana Terra discutirá sobre “A Carta das Mulheres Brasileiras aos Constituintes” no Seminário Dialética

Evento on-line e gratuito terá como debatedor o professor e acadêmico Rafael Além Mello Ferreira. Os participantes receberão horas por atividade complementar e certificado de participação.

Escritora e pesquisadora, Andrea Tavares Ishimoto, publica livro “As relações interpessoais entre ficção e história em ‘O lugar mais sombrio 1: A noite da espera (2017)’, de Milton Hatoum” e afirma se sentir muito feliz com a qualidade da publicação

Andrea Tavares Ishimoto ingressou na Universidade Federal de Rondônia – UNIR no curso de Letras-Português em 2014 e em 2018, na mesma instituição, fez o Mestrado em Estudos Literários – MEL.