Blog da Editora Dialética

Carolina Tavares Lopes publica primeiro livro da carreira “A Indústria Petroquímica Brasileira: análise da reestruturação organizacional”

A vida acadêmica de Carolina teve início na Escola Superior de Propagada e Marketing - ESPM/RS, onde obteve a formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, Carolina foi intercambista durante a graduação e atualmente é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa - Insper de São Paulo.

Carolina Tavares Lopes é uma pesquisadora de 26 anos extremamente dedicada a sua carreira, por isso constrói uma trajetória profissional crescente em seu meio de atuação. Sua vida acadêmica teve início na Escola Superior de Propagada e Marketing – ESPM/RS, onde obteve a formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, Carolina foi intercambista durante a graduação e atualmente é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper de São Paulo, com a cooperação da Associação Brasileira da Indústria Química – ABIQUIM e a orientação do Professor Dr. Paulo Furquim de Azevedo. Neste mestrado, Carolina desenvolveu sua dissertação sobre a Indústria Petroquímica Brasileira, que resultou no livro “A Indústria Petroquímica Brasileira: análise da reestruturação organizacional”.

A Industria Petroquímica é um dos maiores setores do mundo e uma commodity muito importante para a esfera econômica brasileira, pois as matérias-primas desenvolvidas por esse departamento se caracterizam como algumas das mercadorias mais utilizadas no país e foi essa relevância que fez Carolina querer se aprofundar mais no tema.

O que me motivou a escrever foi a vontade de conhecer mais sobre esse setor, estudar mais, entender mais e também ver a oportunidade de colocar a teoria econômica do custo de transação do Wilianson nesse setor e identificar o posicionamento estratégico dessas empresas.

Carolina Tavares Lopes é graduada pela Escola Superior de Propagada e Marketing – ESPM/RS, onde obteve formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper de São Paulo. / Foto: Arquivo Pessoal.

O livro “A Indústria Petroquímica Brasileira: análise da reestruturação organizacional” analisa o histórico do setor petroquímico brasileiro em estudo quantitativo longitudinal que relaciona as características das transações, se valendo da teoria econômica de custos de transação, no setor petroquímico nacional e as estruturas de governança utilizadas.

Carolina relata que se dedicou totalmente a esse estudo. Depois da graduação a acadêmica começou a trabalhar em uma empresa grande voltada para a sua área de atuação, mas quando iniciou a pesquisa de mestrado decidiu voltar todo o seu tempo para a análise.

Quando eu fechei a minha orientação, eu pedi demissão, porque eu estava bem engajada com esse meu lado acadêmico.  

Carolina Tavares Lopes é graduada pela Escola Superior de Propagada e Marketing – ESPM/RS, onde obteve formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper de São Paulo.

O livro escrito por Carolina discute um assunto muito coerente tanto para a área acadêmica quanto fora desse meio, por isso a Editora Dialética se interessou por transformar o estudo em livro. Dessa forma é possível disseminar mais amplamente o conhecimento acerca do assunto para tornar o tema mais discutido e fomentar o desenvolvimento de mais estudos voltados para o setor da indústria petroquímica com foco no Brasil.

A pesquisadora defende que o contato feito pela Editora Dialética fez toda diferença para a sua decisão de publicar o estudo como livro. Segundo ela, sua intenção era focar na parte mais prática da sua carreira depois de finalizada dissertação.

Eu não pensava em publicar, sendo bem sincera. Eu já tinha ficado muito feliz de ter tirado 10 com meu orientador, que é um dos chefes lá do Insper, ter recebido 10 dele e da banca foi maravilhoso. Ter a Editora Dialética, foi mais um passo para o reconhecimento e a visibilidade do meu setor.

Carolina Tavares Lopes é graduada pela Escola Superior de Propagada e Marketing – ESPM/RS, onde obteve formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper de São Paulo.

“Reconhecimento” é a palavra que representa Carolina. Para a acadêmica, quando ela pensa na publicação do seu livro esta é a palavra que mais ecoa em sua mente. Ela explica que essa é uma oportunidade para mostrar o seu trabalho, mas é também a oportunidade de promover a visibilidade da indústria petroquímica brasileira que se caracteriza como um setor pouco discutido. Além disso, a pesquisadora defende que a publicação de livros é de fato importante para propagar o conhecimento e atestar o sucesso do acadêmico.

O sucesso está muito correlacionado com o conhecimento e escrever um livro é mostrar um pouquinho do sucesso que eu já obtive, todo esse trabalho árduo sendo reconhecido.

Carolina Tavares Lopes é graduada pela Escola Superior de Propagada e Marketing – ESPM/RS, onde obteve formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper de São Paulo.

“A Indústria Petroquímica Brasileira: análise da reestruturação organizacional” é um livro capaz de agradar diversos leitores. A obra possui duas vertentes identificadas pela parte histórica e pela parte prática da teoria econômica do custo de transação. A parte histórica explica todo o processo histórico da indústria petroquímica. Para isso, além da pesquisa propriamente dita, foi realizada a análise de 36 anos de dados disponibilizados pela Associação Brasileira de Industria Química. A partir disso e de outras informações obtidas por meio do acervo e dos professores do Insper e da Braskem, foi possível identificar como o setor entrou no Brasil e quais são as empresas que representam esse setor.

Outro ponto é a parte prática, onde a pesquisadora utiliza muitos gráficos e tabelas como exemplo. De acordo com Carolina, esses elementos foram usados para os leitores que buscam exemplos por meio de cases.

Em se tratar da estética da obra, a pesquisadora conta que o resultado deixou ela muito feliz. A capa, em especial, Carolina pesquisou bastante o que as pessoas pensavam quando escutavam sobre a indústria petroquímica, fez enquetes nas redes sociais para saber qual capa os seguidores mais gostavam e chegou a estudar sobre a psicologia das cores para entender melhor forma de se posicionar e obter o resultado final junto aos capitas da Editora Dialética.

Eu gosto muito de ler e o primeiro livro que eu li foi Harry Potter e eu queria que eu meu nome ficasse igual o da J.K Rolling, então eu coloquei o C.T. Lopes. São detalhes assim que a gente acaba pegando.

Carolina Tavares Lopes é graduada pela Escola Superior de Propagada e Marketing – ESPM/RS, onde obteve formação em administração com êxito escolar e recebeu prêmios, como o título ESPM Anuário. Além disso, é mestra em administração com ênfase em estratégia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper de São Paulo.

A Editora Dialética busca sempre fazer com que cada autor tenha a melhor experiência na realização do seu sonho de ter livros publicados.

Você também tem alguma pesquisa ou estudo relevante a ser publicado como livro? Publique você também o seu estudo acadêmico e forneça material didático para a sua área de pesquisa. Clique aqui e converse com um de nossos consultores editoriais sobre como publicar sua tese e/ou dissertação como livro. Ou clique aqui e converse com um dos nossos consultores editoriais sobre como publicar seu artigo científico como capítulo de livro.

Gostou? Compartilhe com mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Inscreva-se em nosso blog.

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu e-mail.

POSTS MAIS RECENTES

Livro “Razoabilidade e a Proporcionalidade como Garantias Constitucionais na Dosimetria da Penalidade Disciplinar”, de Adir Claudio Campos, é uma produção que, entre outras coisas, busca promover uma reflexão sobre esse tema ainda pouco compreendido e considerado pela administração pública e o judiciário

Adir Claudio Campos possui vasta experiência em direito administrativo, tendo atuado como assessor jurídico na Câmara Municipal de São Paulo e na Câmara Municipal de Uberlândia, além de ter exercido o cargo de Subprocurador-geral e Procurador-geral do Município de Uberlândia.

Leia mais »

Romance, ficção, política e outros temas estão presentes no livro “Sem Trégua: um legado de ensinamentos de como sobreviver à pobreza e à vida profissional no meio político”, da escritora Aracilba Alves da Rocha. Livro publicado pela Editora Dialética será lançado em 8 de julho em João Pessoa

Aracilba Alves da Rocha é uma profissional que vive atualmente em João Pessoa, na Paraíba e possui 40 anos de experiência em administração de empresas públicas. A escritora é Graduada em Engenharia Civil, Especialista em Gerenciamento de Empresas Públicas, Planejamento Urbano, Gestão de Habitação Popular e Finanças Públicas. Além disso, possui vasta experiência em Gerenciamento Executivo, que abrange empresas do Setor Elétrico, Telefonia, Saneamento e Transporte, Finanças Públicas, Administração e Planejamento.

Leia mais »

Escritor, Fernando Couto de Magalhães, publica a obra “Instituto Hawkins e as anomalias do tempo”, ficção científica que conta a história de um paleoantropólogo brasileiro que viaja por diversas partes do mundo em prol de descobertas pré-históricas 

Fernando Couto de Magalhães possui formação em Comunicação Social, é Pós-Graduado em Ciências Humanas – História, Filosofia e Sociologia e possui cursos de extensão em universidades como Harvard e Universidade de Columbia nos campos da História da Globalização, Arqueologia e Museologia. Para o escritor, ser lançado no Brasil como autor de ficção científica é uma realização “incrível”.

Leia mais »

Educadora e Pesquisadora Regina Célia Fernandes da Costa Perpétuo lança livro ”A alfabetização de crianças com diagnóstico de deficiência intelectual: o direito à diferença”, obra que, dentre muitos aspectos, busca chamar a atenção da sociedade para esta realidade.

Regina Célia Perpétuo é Mestra em Educação pela Universidade Nove de Julho – UNINOVE, Pós-graduada (lato sensu) em Gestão pela Universidade Anhembi Morumbi, em Docência do Ensino Superior e em Psicopedagogia pela Faculdade Campos Elíseos, Graduada em Pedagogia pela Universidade Guarulhos – UNG e em Letras pela Universidade Brás Cubas – UBC.

Leia mais »

Quer receber mais conteúdos excelentes como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4.221 – 1º andar, Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04538-133 // Telefone: (11) 4118-6308