Blog da Editora Dialética

Com a publicação da obra “Na leveza, A perfeição”, a escritora Lucia Helena Bonemer busca desenvolver as virtudes das crianças

Lúcia Helena Bonemer é formada em magistério com especialização em pré-escola e escritora há mais 37 anos. A autora traz uma compreensão aplicada das virtudes nas áreas pessoal, familiar, interpessoal e espiritual por meio do livro "Na Leveza, A Perfeição".

Alegria, disposição, espontaneidade, otimismo, humildade e sinceridade são algumas das virtudes que a escritora Lúcia Helena Bonemer Rocha busca ensinar para as crianças por meio do livroNa leveza, a perfeição: um guia para criar com as crianças historinhas em que haverá o momento de decidir usar as virtudes, ou não”.

Neste livro, a autora promove uma compreensão aplicada das virtudes nas áreas pessoal, familiar, interpessoal e espiritual, com atitudes concretas para o uso do que ela chama de dons. Para a escritora, a virtude é algo que existe em cada ser humano, mas é necessário um estimulo que possa despertar esses benefícios desde os primeiros anos de vida, por isso ela desenvolveu esse guia com o foco no público infantil, porém o livro é voltado primeiramente para os adultos. Segundo Lucia Helena, são os pais, familiares, cuidadores e professores que vão escolher a virtude que querem trabalhar em determinado momento e criar com a criança a melhor forma de desenvolver tais valores.  

Esse livro é direcionado às crianças, para que se crie em seu cognitivo os conceitos das virtudes, mas para isso, precisamos dos adultos, para acolher este trabalho, e entregá-lo aos poucos às crianças, conforme as suas faixas etárias.

Lúcia Helena Bonemer é formada em magistério com especialização em pré-escola e escritora há mais 37 anos. / Foto: Magno Franco Fotografia

Para promover uma leitura capaz de interessar e ensinar também os adultos, Lúcia Helena utiliza em sua escrita uma linguagem concisa, muitas das vezes com textos divididos em tópicos ou tabelas textuais, optando por não apresentar ilustrações no guia, já que o intuito dessa obra é desencadear os elementos no imaginário das crianças.

Apenas as penas de pavão que foram usadas para incentivar os adultos a realizarem seu aperfeiçoamento.

Lúcia Helena Bonemer é formada em magistério com especialização em pré-escola e escritora há mais 37 anos.

Outro elemento de destaque no livro é a capa. Na Editora Dialética, as capas são personalizadas de acordo com a obra e com o desejo do autor por capistas especializados, são sempre trabalhos originais que buscam passar a essência do livro à primeira vista. Por conta disso o livroNa leveza, A perfeição” possui uma capa literal com cores leves e sóbrias acompanhas de poucos elementos imagéticos.

A obra possui um total de 72 páginas e foi desenvolvida títulos separados por partes, em que cada uma delas apresentam brevemente os temas que vão sendo, visando a compreensão de maneira detalhada dos valores que determinada temática abrange. O livro vai da parte um até parte sete. Lúcia Helena conta que a ideia para escrever este livro aconteceu de maneira espontânea, tendo como parâmetro felizes acontecimentos de sua vida.

A autora é formada em magistério com especialização em pré-escola e escritora há mais 37 anos. Ela conta que a ideia para o livro “Na leveza, a perfeição: um guia para criar com as crianças historinhas em que haverá o momento de decidir usar as virtudes, ou não” surgiu a partir de um encontro de catequese que ela ministrou e principalmente depois do nascimento das suas netas. Sua intenção com a publicação do guia é deixar para as netas um legado, disponibilizando o que conseguiu perceber e desenvolver em toda a vida, com o desejo principal de fazê-las perceberem a importância de se responsabilizarem pelas próprias escolhas. No entanto, embora suas netas sejam o motivo do livro, a autora dedica a obra para todas as crianças.

Induzida por suas próprias virtudes na hora de compor a obra, a autora relata que a parte mais difícil de escrever este livro foi decidir como começar, mas seus valores a guiaram.

Eu imaginei que já partiria contando as historinhas, mas as virtudes me frearam, e me orientaram sobre como gostariam de serem apresentadas inicialmente

Lúcia Helena Bonemer é formada em magistério com especialização em pré-escola e escritora há mais 37 anos.

As virtudes, segundo Lucia Helena são como partes do amor. Para ela, a partir do momento em que o leitor começa a pensar no amor como algo vivo, ele mergulha no universo desses dons com a obra “Na leveza, A Perfeição” e se sente em movimento, capaz de entregar as crianças, por meio da contação de historinhas, a oportunidade de manifestarem juntos os princípios descritos no livro. A escritora defende que todos podem ser sempre melhores, aprendendo a contemplar as sutilezas da vida.

Contudo, realizar a publicação dessa obra com a Editora Dialética aconteceu por influência da filha de Lucia Helena, Lara Bonemer Rocha Floriani, que também é escritora e teve sua obra editada pela Dialética e por ter uma boa experiência de publicação e recepção, indicou a empresa para a mãe explicando a seriedade e profissionalismo com a qual a editora trabalha.

A Editora Dialética é uma organização que trabalha com alta qualidade editorial e, entre muitos outros benefícios, como tempo de publicação ágil, pois enquanto a maior para das empresas do setor editorial costumam publicar suas obras entre 6 meses a 1 ano, a Editora Dialética se compromete e cumpre o prazo de publicar em até 60 dias. Neste sentido, confirmando por si mesma as afirmações da filha, a autora conta que a empresa se mostrou de fato o que ela esperava.

Está sendo muito gratificante, tive contato com um time gentil, capaz, organizado e comprometido.

Lúcia Helena Bonemer é formada em magistério com especialização em pré-escola e escritora há mais 37 anos.Lúcia Helena Bonemer

Para Lúcia Helena, os livros têm alma. Sejam de que natureza forem, a autora acredita que eles aprisionam multe essências para serem oferecidas à humanidade. Para a escritora, as obras representam a memória das consciências que deixaram as suas contribuições para os seus semelhantes e é isso também que ela busca passar aos leitores por meios de todos os elementos da obra “Na leveza, A perfeição”.

Se você também quer realizar o sonho de publicar a sua obra, seja ela acadêmica, infantil, romântica, ilustrativa ou de demais gêneros, e fazê-lo com qualidade, agilidade e preço justo, clique aqui para conversar com um dos nossos consultores editoriais.

Gostou? Compartilhe com mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Inscreva-se em nosso blog.

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu e-mail.

POSTS MAIS RECENTES

Romance, ficção, política e outros temas estão presentes no livro “Sem Trégua: um legado de ensinamentos de como sobreviver à pobreza e à vida profissional no meio político”, da escritora Aracilba Alves da Rocha. Livro publicado pela Editora Dialética será lançado em 8 de julho em João Pessoa

Aracilba Alves da Rocha é uma profissional que vive atualmente em João Pessoa, na Paraíba e possui 40 anos de experiência em administração de empresas públicas. A escritora é Graduada em Engenharia Civil, Especialista em Gerenciamento de Empresas Públicas, Planejamento Urbano, Gestão de Habitação Popular e Finanças Públicas. Além disso, possui vasta experiência em Gerenciamento Executivo, que abrange empresas do Setor Elétrico, Telefonia, Saneamento e Transporte, Finanças Públicas, Administração e Planejamento.

Leia mais »

Escritor, Fernando Couto de Magalhães, publica a obra “Instituto Hawkins e as anomalias do tempo”, ficção científica que conta a história de um paleoantropólogo brasileiro que viaja por diversas partes do mundo em prol de descobertas pré-históricas 

Fernando Couto de Magalhães possui formação em Comunicação Social, é Pós-Graduado em Ciências Humanas – História, Filosofia e Sociologia e possui cursos de extensão em universidades como Harvard e Universidade de Columbia nos campos da História da Globalização, Arqueologia e Museologia. Para o escritor, ser lançado no Brasil como autor de ficção científica é uma realização “incrível”.

Leia mais »

Educadora e Pesquisadora Regina Célia Fernandes da Costa Perpétuo lança livro ”A alfabetização de crianças com diagnóstico de deficiência intelectual: o direito à diferença”, obra que, dentre muitos aspectos, busca chamar a atenção da sociedade para esta realidade.

Regina Célia Perpétuo é Mestra em Educação pela Universidade Nove de Julho – UNINOVE, Pós-graduada (lato sensu) em Gestão pela Universidade Anhembi Morumbi, em Docência do Ensino Superior e em Psicopedagogia pela Faculdade Campos Elíseos, Graduada em Pedagogia pela Universidade Guarulhos – UNG e em Letras pela Universidade Brás Cubas – UBC.

Leia mais »

Quer receber mais conteúdos excelentes como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4.221 – 1º andar, Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04538-133 // Telefone: (11) 4118-6308