Blog da Editora Dialética

Obra “Introdução à vida acadêmica II – Manual do Professor”, do autor best-seller Marcelo Galuppo, está em 1º lugar na Amazon entre os mais vendidos da categoria Direito e ocupa o 3º lugar entre os mais vendidos na categoria Educação na mesma plataforma

Com cerca de 30 anos de experiência como professor na UFMG e na PUC Minas, Prof. Dr. Marcelo Galuppo apresenta conceitos e casos práticos no livro que é leitura obrigatória para professores de cursos superiores.

Na segunda semana de setembro, o livro “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de cursos superiores”, do autor best seller e Professor Marcelo Galuppo, ocupou o posto de 1º lugar entre os livros mais vendidos da categoria Direito pela Amazon, além de ocupar o 3º lugar entre os mais vendidos na categoria Educação na mesma plataforma. O livro foi publicado pela Editora Dialética 13 de junho de 2022 e lançado em 27 de agosto do mesmo ano. Desde então, a obra é sucesso absoluto entre os docentes do meio acadêmico, publico alvo do autor para este primeiro livro.

Com o objetivo de contribuir com a carreira e atividade de lecionar dos professores de cursos superiores, Marcelo Galuppo organizou, em 268 páginas e 9 capítulos, o seu conhecimento e a sua experiência prática de 30 anos como professor de curso superior. Trata-se de um livro com texto fluido, de leitura fácil e conceitos práticos que se apresenta como leitura obrigatória para professores de cursos superiores.

Na obra “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor”, o autor apresenta conceitos, exemplos e sugestões úteis para o cotidiano dos professores de cursos superiores e que possuem aplicação prática imediata em sala de aula. Com uma linguagem direta, conteúdo acessível e enfoque prático, Marcelo Galuppo garante que “o livro aborda tudo que um professor de curso superior precisa saber para não ser surpreendido por nada em sua trajetória”.

A primeira parte do livro possui três capítulos que apresentam conceitos essenciais da carreira dos professores de cursos superiores. O primeiro capítulo aborda o que a comunidade acadêmica considera ser um bom professor de cursos superiores. No segundo capítulo, Galuppo trata dos objetivos educacionais e argumenta que isso é relevante pois “todas as escolhas de ensino feitas por professores de cursos superiores estão diretamente relacionadas com os objetivos educacionais”. No terceiro capítulo o autor faz uma revisão teórica do que diversos autores, sobretudo do século XX, argumentaram sobre ensino e aprendizagem.

Ensino e aprendizagem são dois termos diferentes e é importante destacar isso, eu não abordo propriamente a aprendizagem, mas o ensino. É o que o professor pode fazer para estimular a aprendizagem do aluno.

Marcelo Galuppo é Professor das Faculdades de Direito da UFMG e da PUC Minas, Doutor em Filosofia do Direito pela UFMG, Presidente da Associação Brasileira de Filosofia do Direito e Sociologia do Direito (ABRAFI), Vice-presidente da Internationale Vereinigung für Rechts- und Sozialphilosophie (IVR), Ex-presidente do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Direito (CONPEDI), Bolsista de Produtividade do CNPq, Professor Residente do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT) da UFMG.

Marcelo Galuppo destaca a relevância dos capítulos 4 e 5 que possuem um enfoque ainda mais prático. O capítulo 4 apresenta metodologias, estratégias e técnicas de ensino de forma prática para auxiliar o professor a compreender, por exemplo, como estruturar uma aula expositiva, como organizar um seminário, como utilizar melhor técnicas tais como: brainstorming, debate, grupos de oposição, estudo de caso, estudo dirigido e diversas outras. Ao abordar questões relacionadas à avaliação na universidade, o capítulo 5 apresenta de forma prática, a resposta para questões como: “por que avaliar?”, “o que avaliar?” e “como avaliar?”.

Outro tema relevante abordado por Marcelo Galuppo no livro está no capítulo 6, em que o autor argumenta sobre o que o professor pode fazer para contribuir para a motivação do aluno, com questões pertinentes, inclusive, sobre o ensino à distância. O livro também trata de como desenvolver na prática um bom plano de ensino e um bom plano de aula, além de como reverter situações cotidianas de dentro da sala de aula quando ocorrem imprevistos e situações indesejadas.

Por fim, o livro ainda apresenta no capítulo 9 questões sensíveis referentes aos relacionamentos entre professores e alunos e a abordagem da comunicação não-violenta para professores. Com o objetivo de fornecer ainda mais conteúdo prático e suporte ao professor, Marcelo termina o livro com apêndices e anexos que abordam temas como a escolha de objetivos e o ensino a distância, seguindo sempre a lógica da atividade docente no cotidiano.

O Professor Marcelo Galuppo ministra aulas em turmas de  pós-graduação, que abarcam programas de mestrado e doutorado há cerca de 25 anos e atua como docente há 30 anos. Assim, Marcelo nos conta que desde o início da carreira atua em uma disciplina chamada Metodologia do Ensino. Logo, o material que ele dispunha para preparar suas aulas acabavam por serem incompletos de alguma maneira, pois ele nunca encontrava exatamente o que procurava. Esse fato impulsionou o acadêmico a desenvolver um material completo para auxiliar outros professores e impedir que eles também passem por tal situação. Assim, como professor experiente com base prática e teórica em relação a temática, Marcelo Galuppo decidiu reunir em seu livro “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de Direito e de outros cursos superiores”, tudo que um professor, iniciante principalmente, precisa saber para uma excelência contínua em na carreira.

“Apesar de ter sido pensado para o meu curso, não é preciso que você faça um curso para usá-lo, ele é auto explicativo. Ele cobre tudo que o professor iniciante precisa conhecer para não ser surpreendido por nada no início da sua trajetória”, explica o autor. 

Essa obra é de um tipo raro de livros que o leitor pode e deve utilizar como um guia para consultas contínuas. É importante o professor  ter o livro sempre ao lado, tanto para organizar uma disciplina como para organizar uma determinada aula. Haja vista, a riqueza de possibilidades didáticas que é possível usufruir com a leitura de “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de Direito e de outros cursos superiores”. O livro tem exemplos de plano de ensino e planos de aulas e de como entrar no detalhe dessas atividades. Desse modo, se caracteriza de fato como um guia indispensável para docentes. 

“Isso é o  sentido do livro. Acho que os livros devem ser publicados quando eles vão ser consultados mais de uma vez”

Marcelo Galuppo

A obra é pensada com a premissa de ser uma aliada contínua na vida dos professores de nível superior, porque aborda conceitos fundamentais tanto para quem pensa em seguir a carreira de docente quanto para quem já é professor de ensino superior. 

No livro, Marcelo Galuppo explica sobre a atualização do professor dentro de uma lógica de novos  conteúdos. Segundo o docente, uma das funções do professor é chancelar ao aluno a certeza de um conhecimento atual, por essa razão o professor deve também ter sempre o seu conhecimento atualizado. 

Ao longo dos anos, muitos conceitos e técnicas educacionais tornam-se passíveis de mudança. Por isso, é imprescindível para o docente se atualizar no que diz respeito à didática, aos métodos de ensino, conteúdos e avaliações, por exemplo.

“Um dos motivos pelos quais a gente se matricula em um curso é que o professor é um certificado do conhecimento. Se você tiver estudado sozinha um assunto, as fontes estão disponíveis nas bibliotecas, na internet, etc. Mas você nunca vai ter segurança que você está indo pelo caminho certo”.

Com o investimento na sua atualização, o professor adquire melhores práticas de ensino e desenvolve uma boa relação e engajamento com os alunos, o que proporciona um processo educacional mais eficaz, competente e dinâmico. Isso é o que o Professor Marcelo Galuppo busca mostrar de forma teórica e prática em sua obra “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de Direito e de outros cursos superiores”

Quando se fala em educação com tanta veemência, como se vê no livro do Professor Marcelo Galuppo, é certamente impossível não citar Paulo Freire e outros grandes teóricos da educação como, por exemplo, Rubem Alves. 

“São certamente os teóricos da educação mais importantes da história recente do Brasil. Paulo Freire é o autor brasileiro mais citado em trabalhos acadêmicos em todo mundo e o Rubem Alves é, provavelmente, o segundo mais conhecido pelo menos”, elenca o autor. 

Marcelo Galuppo nos explica que seu livro é extremamente estruturado, com uma epistemologia, uma ética e uma antropologia que estão conectadas com a teoria de Paulo Freire sobre aprendizagem e sobre ensino. Dado tal fato, essa coesão teoria em vários aspectos faz da obra uma das mais importantes leituras para educadores de todo mundo. Logo, de acordo com Marcelo Galuppo, o livro:

“É um documento importante não só para conectar esses dois grandes teóricos da educação brasileira, mas sobretudo, porque tem uma crítica implícita  aos saberes universitários, ao modo como a universidade produz os saberes. É um texto importante e muito bonito”.

Este livro está pensado no contexto de três obras, sendo a primeira publicação a “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de Direito e de outros cursos superiores”. Assim, o  Volume 1 está previsto para 2023 e, segundo Marcelo Galuppo, a obra é uma edição destinada ao aluno que  originalmente era um livro destinado ao TCC, a dissertação e a tese, mas vem com a premissa de ser  ainda mais abrangente. Já a terceira edição, que deve ser lançada em dois anos, tem a ver com a administração da carreira universitária e maneiras de auxiliar os professores a desenvolverem técnicas para administrar sua carreira. Portanto, Marcelo Galuppo faz questão de adiantar em relação às suas futuras publicações que “os dois livros se aplicam a pessoas que se encontram em qualquer lugar da carreira”.

Ao considerar tudo, o Professor Marcelo Galuppo deixa claro que a sua intenção e maior  expectativa com o lançamento do livro “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de Direito e de outros cursos superiores” é desfazer  determinados preconceitos com relação a aulas expositivas, a prova objetiva e outros pontos presentes na obra.

“Isso é algo que é importante para mim, desfazer a ideia de que exista uma técnica que em si mesma seja ruim. As técnicas podem ser bem utilizadas ou mal utilizadas”, defende o escritor. 

O professor

Dentre muitos pontos relevantes, a obra “Introdução à Vida Acadêmica II: Manual do Professor – Um guia de Metodologia do Ensino para professores de Direito e de outros cursos superiores” traz duas vertentes importantes quando se fala em educação. São elas, a mercantilização do ensino e a fragilidade física a que os professores estão sujeitos. 

“As pessoas acham que a atividade docente é uma atividade puramente intelectual. Não, é uma atividade física como qualquer outra. Passar 8 horas por dia em pé é algo lesivo para a estrutura biológica do ser humano”, defende o professor ao pontuar que infelizmente isso se faz ainda mais presente para as profissionais mulheres.

Então, no capítulo 9 da sua obra, Marcelo faz questão de deixar alguns conselhos que envolvem a preservação, o autocuidado e a busca pelos seus direitos  para os professores que pretendem ter uma longa carreira. 

“O professor que quer dar aula por muito tempo tem que cuidar da voz e da coluna, é uma condição para ele ter uma longa carreira. Outra ameaça que a gente tem constantemente é a mercantilização do ensino e uma maneira de lutar contra isso é a organização política. Os sindicatos são importantes para professores, porque o que a gente está vendo hoje é a pejotização do ensino, a exploração excessiva dos professores e a única maneira de combater isso é politicamente com organização política”, explica Marcelo. 

Vida acadêmica, ensino à distância e pandemia da Covid-19

Conforme Marcelo, ainda que haja um crescimento, mesmo antes da pandemia da Covid-19, do ensino à distância no mundo inteiro e no Brasil em especial, todo estudo empírico mostra que, na maioria dos casos, o ensino à distância não é bom para alunos de graduação. O autor explica esse fato ao destacar que na maior parte das vezes, o público que é bem-sucedido em cursos inteiramente a distância tem características específicas, são homens entre 30 e 40 anos e estão empregados. 

“São pessoas que estão fazendo um curso à distância por uma questão profissional. É, por exemplo, um advogado que trabalha com Direito Empresarial ou Direito Tributário e resolve fazer o curso de pós-graduação em contabilidade”, exemplifica Marcelo. 

Para esse público, o Professor Marcelo ressalta que é muito bem-sucedido o ensino à distância, mas para pessoas que nunca foram para a universidade, todos os estudos mostram que ele tem alta evasão, baixa motivação. Isso se explica pelo fato de que quando o aluno vai para universidade o conteúdo do que ele aprende não é o mais importante, e sim os corredores, as experiências de estar com outras pessoas.

O livro trabalha com isso já no segundo capítulo, você tem atitudes, têm competências que têm que ser desenvolvidas no ensino superior e isso é muito mais  importante do que os conteúdos dos cursos. E por que esse  grupo é tão seletivo? Porque o homem não tem uma jornada dupla de trabalho e os jovens ainda não têm maturidade para tanto. 

Importância do livro para recém formados e experientes

Marcelo faz questão de esclarecer que seu livro não tem a pretensão de fornecer aprendizado do zero para o professor, pois ele tem consciência de que a maior aprendizagem do professor não pode ser obtida por meio do livro, isso ele deixa claro em sua obra. Para ele, o aprendizado vem dos erros e dos acertos tanto individuais quanto coletivos. Assim, ler esta obra é importante para dar um ponto de partida mais seguro no início da carreira do docente, onde ele apresenta ferramentas e métodos para auxiliar os professores. 

“Muito da nossa prática é o desenvolvimento de uma habilidade e de uma habilidade de uma competência. Mas apesar disso, se a gente já começar com conhecimento estabilizado que já é seguro, é muito mais fácil não errar ou errar menos”. 

Marcelo explica que para quem está começando este tipo de conhecimento é fundamental. Já  para quem já está há algum tempo na carreira, o livro ajuda a repensar e dar um substrato teórico para a prática educacional. 

Os diferentes formatos

Por acreditar que facilita o acesso e a publicidade desta temática tão relevante para a auxiliar no crescimento e desenvolvimento dos professores, Marcelo fez a publicação do seu livro nos três formatos oferecidos pela Editora Dialética, impresso, e-book e áudio-book

“Em um livro como esse, os formatos não se excluem. Ler o livro em e-book, que é um formato muito mais barato, pode levar alguém a querer comprar um exemplar físico. E a mesma coisa com audiobook, eu acredito no audiobook”, expressa o autor. 

A Editora Dialética preza a inclusão e sustentabilidade junto às preferências de leitura do público, por isso oferece a publicação em e-book, importante para a inclusão digital e para tornar a leitura mais rápida e dinâmica, a publicação em formato de áudio-book, que é uma ferramenta extremamente relevante para que pessoas com deficiência e/ou dislexia possam se inserir como leitoras, e a publicação impressa por demanda, que ajuda a combater os impactos ambientais por meio do uso consciente do papel.

Sobre o Autor

Marcelo Galuppo é Professor das Faculdades de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC Minas, é Doutor em Filosofia do Direito também pela UFMG, Presidente da Associação Brasileira de Filosofia do Direito e Sociologia do Direito (ABRAFI), Vice-presidente da Internationale Vereinigung für Rechts- und Sozialphilosophie (IVR), Ex-presidente do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Direito (CONPEDI), Bolsista de Produtividade do CNPq e Professor Residente do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT) da UFMG. Para contatar o autor, siga-o no Instagram @prof.marcelo.galuppo.

Você também tem alguma pesquisa ou estudo relevante a ser publicado como livro? Publique você também o seu estudo acadêmico e forneça material didático para a sua área de pesquisa. Clique aqui e converse com um de nossos consultores editoriais sobre como publicar sua tese e/ou dissertação como livro. Ou clique aqui e converse com um dos nossos consultores editoriais sobre como publicar seu artigo científico como capítulo de livro.

Gostou? Compartilhe com mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Inscreva-se em nosso blog.

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu e-mail.

POSTS MAIS RECENTES

Livro “E se tivesse sido assim?”, publicado pelo autor Roberto Guimarães da Silva, onde ele sintetiza romantismo, mistério e ficção, além fornecer dicas práticas para aqueles que almejam uma vida tranquila e estabilizada

Trainer de equipes com foco em processo e gestão pessoal para autoconhecimento e liderança, Roberto Guimarães da Silva é, dentre outras coisas, Palestrante e escritor, Master Coach, Geógrafo, Militar de carreira e Engenheiro. O profissional conta com mais de 25 anos de experiência na área de desenvolvimento humano, atuou em áreas como gestão de pessoas, comando e instruções de tropa e operações militares, logística, tecnologias de informação e comunicação e liderança de grupo.

Leia mais »

No livro “O teletrabalho/home office no Poder Judiciário brasileiro”, Luciana Faria de Carvalho relata, dentre outros aspectos, a experiência do regime de trabalho no Tribunal de Justiça de Mato Grosso durante o período da pandemia de Covid-19

Doutoranda e Mestre em Direito, Especialista em Direito Processual Civil e Processo Penal, Luciana Faria de Carvalho lança livro que traz um diálogo não apenas com as regras e os aspectos do direito do trabalho, mas uma perspectiva do direito administrativo, com nuanças do direito constitucional e direito ambiental.

Leia mais »

Elaine Ferreira dos Santos, autora do livro “O discurso de um grupo musical: rap” lança obra para professores e todos os interessados em conhecer o gênero Rap 

Doutora em Língua Portuguesa com ênfase em Análise do Discurso – Literatura Africana, PUC-SP, Mestre em Língua Portuguesa com ênfase em Análise do Discurso nas Letras de Rap, PUC-SP, dentre outras formações, Elaine Ferreira dos Santos atua como professora desde 1990 no ensino fundamental e médio e em 2003, iniciou no Ensino Superior prestando serviços em diversas Universidades.

Leia mais »

Quer receber mais conteúdos excelentes como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4.221 – 1º andar, Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04538-133 // Telefone: (11) 4118-6308