Blog da Editora Dialética

Vamos falar sobre liberdade de expressão?

@anapaulalasmarcorrea fala sobre Liberdade de Expressão, u dos temas mais relevantes do mercado editorial brasileiro na atualidade.

Além de ser um dos temas mais relevantes do mercado editorial brasileiro na atualidade, a liberdade de expressão é também um dos direitos fundamentais mais polêmicos e convidativos ao debate. 

São mais de 20 títulos publicados pela Editora Dialética que envolvem essa temática e, como não poderia deixar de ser, sua leitura ultrapassa as fronteiras da academia e embasa discussões nos mais diversos ambientes: dos botequins aos fóruns virtuais. 

Humor, religião, fake news, mídia, contexto histórico e panorama eleitoral…diversas são as lentes capazes de direcionar a apreciação da liberdade de expressão. Mais uma vez, faz-se a ressalva de que o domínio desse assunto é de grande valia em termos de repertório sociocultural, especialmente para estudantes que se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio. 

Nesse sentido, é importante reconhecer a liberdade de expressão como direito humano, protegido por diversos tratados internacionais, e elemento indissociável da democracia. Dentre outros documentos, tal direito é protegido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, pelo Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos da ONU, pela Convenção Europeia de Direitos Humanos, pela Convenção Americana de Direitos Humanos e pela Carta Africana de Direitos Humanos e dos Povos. 

Seu conteúdo é vinculado à liberdade de imprensa, de manifestação do pensamento, de comunicação e informação, de crença, entre outras possibilidades e sua previsão no ordenamento jurídico brasileiro remonta à Constituição do Império, de 1824.

Escrever sobre liberdade de expressão é, além de um direito, um comportamento metalinguístico. Inspire-se no tema com o mais famoso verso de Cecília Meireles, em seu Romanceiro da Inconfidência, de 1953:

“Liberdade, essa palavra/ que o sonho humano alimenta,/ que não há ninguém que explique/ e ninguém que não entenda”.

Por Ana Paula Lasmar Corrêa

Gostou? Compartilhe com mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Inscreva-se em nosso blog.

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu e-mail.

POSTS MAIS RECENTES

Romance, ficção, política e outros temas estão presentes no livro “Sem Trégua: um legado de ensinamentos de como sobreviver à pobreza e à vida profissional no meio político”, da escritora Aracilba Alves da Rocha. Livro publicado pela Editora Dialética será lançado em 8 de julho em João Pessoa

Aracilba Alves da Rocha é uma profissional que vive atualmente em João Pessoa, na Paraíba e possui 40 anos de experiência em administração de empresas públicas. A escritora é Graduada em Engenharia Civil, Especialista em Gerenciamento de Empresas Públicas, Planejamento Urbano, Gestão de Habitação Popular e Finanças Públicas. Além disso, possui vasta experiência em Gerenciamento Executivo, que abrange empresas do Setor Elétrico, Telefonia, Saneamento e Transporte, Finanças Públicas, Administração e Planejamento.

Leia mais »

Escritor, Fernando Couto de Magalhães, publica a obra “Instituto Hawkins e as anomalias do tempo”, ficção científica que conta a história de um paleoantropólogo brasileiro que viaja por diversas partes do mundo em prol de descobertas pré-históricas 

Fernando Couto de Magalhães possui formação em Comunicação Social, é Pós-Graduado em Ciências Humanas – História, Filosofia e Sociologia e possui cursos de extensão em universidades como Harvard e Universidade de Columbia nos campos da História da Globalização, Arqueologia e Museologia. Para o escritor, ser lançado no Brasil como autor de ficção científica é uma realização “incrível”.

Leia mais »

Educadora e Pesquisadora Regina Célia Fernandes da Costa Perpétuo lança livro ”A alfabetização de crianças com diagnóstico de deficiência intelectual: o direito à diferença”, obra que, dentre muitos aspectos, busca chamar a atenção da sociedade para esta realidade.

Regina Célia Perpétuo é Mestra em Educação pela Universidade Nove de Julho – UNINOVE, Pós-graduada (lato sensu) em Gestão pela Universidade Anhembi Morumbi, em Docência do Ensino Superior e em Psicopedagogia pela Faculdade Campos Elíseos, Graduada em Pedagogia pela Universidade Guarulhos – UNG e em Letras pela Universidade Brás Cubas – UBC.

Leia mais »

Quer receber mais conteúdos excelentes como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email.

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4.221 – 1º andar, Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04538-133 // Telefone: (11) 4118-6308